Links interessantes da semana #3

Bom dia! Cá estamos nós com as leituras bacanas da semana:

header_6.jpg

1- 6 documentários sobre espiritualidade – no Desassossegada

 

umanosemlixo_cristal_muniz.jpg

2- Beleza natural e feminismo – no um ano sem lixo

 

preparado_perder-1024x683.jpeg

3- Você está preparado para perder? no Simples Propósito

 

pilares-do-relacionamento.jpg

4- Seu relacionamento amoroso tem feito você crescer? – no blog do Sri Prem Baba

 

1-uKNuuXcPPwsAJdEV5WhNrw.jpeg

5-A ascensão da economia do cuidar – no Nowmastê

 

joaquim-murtinho-minas-gerais-homem-sentado-na-porta-de-casa.jpg

6- Nossos radicais – no Projeto Contrafluxo

desapegar-dificil-vm.jpg

7- O que fazer quando é difícil desapegar? – no blog da Camile Carvalho

Bom final de semana pra vocês!

 

Não temos que ser produtivos o tempo todo

6474bdb0f69063a74a0cb1ada6e436df.jpg

Não temos. Essa noção que temos de produtividade está fortemente vinculada à quando as industrias começaram a funcionar, com linha de produção, com tempo. E é uma pressão gigantesca na gente ter que ser produtivo para os outros. Ter que ter sempre boas soluções, estar sempre ligado às notícias do nosso país e do mundo, estudar, trabalhar, pensar, descansar, se exercitar… Como que a gente dá conta de fazer tudo isso em apenas 24 horas e ter serenidade? Acho que estou velha demais pra acompanhar esse ritmo. Mas o que acho mesmo é que não faz sentido essa correria toda.

Sempre gostei muito das artes, especialmente da fotografia. Mas ainda que eu tenha alguns projetos mais artísticos do que comerciais, tenho uma séria dificuldade em ter inspirações legais em determinadas épocas, especialmente quando há muita coisa a ser feita em outros setores da minha vida. É como se eu me bloqueasse pra esses projetos e me dedicasse à qualquer outra coisa que precisasse ser feita naquele momento e só conseguisse fazer uma coisa de cada vez.  Compreendendo isso, aprendi a não me cobrar criatividade e produtividade nesses projetos o tempo todo. Precisamos parar e não fazer nada.

Esse trechinho do livro “Roube como um artista” exprime o que eu penso:

Reserve um tempo para ficar entediado. Uma vez escutei um colega de trabalho dizer: “Quando fico muito ocupado, fico idiota”. Totalmente de acordo. Pessoas criativas precisam de tempo para sentar e não fazer nada. Tenho algumas de minhas melhores ideias quando estou entediado, e é por isso que levo minhas camisas para a lavanderia. Eu adoro passar minhas camisas – é tão entediante que quase sempre gera em mim boas ideias. Se está sem ideias lave a louça. Faça uma longa caminhada. Fique olhando para um ponto na parede o máximo de tempo que puder. Como a artista Maira Kalman diz: “Evitar trabalho é a maneira de focar minha mente.” Reserve tempo para se distrair. Perca-a. Sonhe. Nunca se sabe aonde isso vai levar.

Precisamos parar de nos culpar por não ser produtivos e precisamos começar a fazer “vários nadas”. Não somos robôs, somos pessoas que passam por momentos bons e ruins e não há nada de errado com isso. Temos uma vida pessoal e, honestamente acho que é muito difícil separá-la do trabalho, por que não somos duas pessoas distintas, somos UMA pessoa que faz várias coisas, que é mãe, filha, esposa, namorada, avó, tia, que faz faxina, que cuida dos filhos, que estuda, que viaja, que ajuda os amigos e que trabalha. Não se cobre demais por não ser produtivo o tempo todo. Aprenda que é absolutamente normal não o ser e que precisamos do ócio para renovar nossas energias, nossos sonhos e nossas vontades e que é nos momentos de maior relaxamento que temos as nossas melhores ideias.

Links interessantes da semana #2

Prem Baba.png

1- Como mudar situações negativas da sua vida e abrir mão do sofrimento – no blog do Sri Prem Baba

 

15f4531ac4b501510b4c580a0bc01a04 (1).JPG

2- Amar é viver de forma consciente e compreender sua existência – no Hierophant

 

constantcontact (1).jpg

3- Nova energia vai provocar onda intensa de despertar espiritual – no Portal Arco Íris

 

Sananda.jpg

4- Escute o seu guru interior – no Verdade Transmutadora

 

sonho.jpg

5- E se a vida for apenas um sonho? – no Nowmastê

 

Captura-de-tela-2017-01-10-18.23.18.png

6- Sua casa serve para você viver, não para armazenar coisas – no Vida Organizada

 

recomecar-ir-em-frente.jpg

7- É preciso recomeçar – no Uma Jornada Interior

 

Somos mulheres de fases

fases-da-lua

Na música Mulher de Fases, os Raimundos cantam: “meu namoro é na folhinha” pra falar sobre as fases que vamos vivenciando durante o mês. E faz muito sentido: realmente somos mulheres de fases, mas não temos o costume de nos auto-observar e verificar o que cada fase vivenciada no ciclo de 28 dias (o nosso ciclo lunar pessoal) reflete nas nossas vidas.

Não é fantástica a nossa conexão com a lua? O ciclo lunar dura cerca de 28 dias e são os chamados movimentos de rotação – o que ela faz sobre seu próprio eixo, e o de revolução – o que ela faz ao redor da terra. São quatro as suas fases: Nova, Crescente, Cheia e Minguante. Em cada uma dessas fases nossas ações e reações se manifestam de uma determinada maneira, relacionadas ao nosso período menstrual, como a imagem mostra.

ciclomensal.jpg

Na lua nova, a primeira fase, como a própria palavra já diz, é um momento de renovação. Se inicia logo quando menstruamos e, consequentemente, não há gravidez. Nosso corpo então está passando por um processo de recomeço, e portanto, nossa energia tende a ficar mais baixa. Na lua crescente, nosso corpo começa a se recompor, as forças aumentam e, biologicamente, é quando há um crescimento nas taxas de estrógeno, o hormônio produzido pelo nosso ovário. É um período de zelo para com aquilo que queremos que se realize nas nossas vidas, quando alimentamos nossos planos e sonhos. Já na lua cheia é quando estamos no nosso ápice que, consequentemente, está relacionado ao nosso período fértil, quando ficamos à flor da pele, animadas, dispostas, enérgicas e vivas! E por último a lua minguante: quando nossa energia começa a reduzir, ficamos mais melancólicas e introspectivas. É o período que antecede o nosso período menstrual, indicando que logo haverá renovação.

Eu nunca havia parado para prestar mais atenção em como meu corpo reage a cada uma essas fases. Quando iniciei essa jornada de autoconhecimento, não imaginei fosse possível me reconectar dessa forma comigo mesma, me conhecer de uma forma mais profunda, ver as faces ocultas que habitam em mim e em que período cada uma delas se revela.

Venho aprendendo a observar cada transformação que meu corpo passa nesse ciclo de 28 dias. Consigo perceber em que momentos estou mais revigorada, disposta, melancólica, introspectiva. Isso é incrível pois me permite melhorar o meu relacionamento comigo mesma e com os outros. E isso só foi possível depois que comecei a reduzir a velocidade da vida, quando parei para me perguntar: “Quem sou eu? O que eu realmente quero”. E assim vem sendo desde que deixei de ouvir o barulho de fora e passei a querer conhecer o barulho mensal que acontece aqui dentro.

Links interessantes da semana #1

Olá, pessoal! Primeira sexta-feita do ano e cá estamos nós com as leituras legais dessa semana. Bora conferir?

 

sogyalrinpoche-preguicaativa-livro.jpg

1- Manter-se ocupado é uma forma de preguiça– no Dharmalog

 

paramahansa-01-00_jpg_srz

2- Vida simples, pensamento elevado – no Sociedade dos Espíritos

 

humildade

3- O que aprendi sobre humildade – no Simples Propósito

 

t.da luz.png

4- Trabalhadores de luz, se apresentem – no Despertando

 

umanosemlixo_o_equilibrio_necessario.jpeg

5- O Equilíbrio Necessário – no Um ano sem lixo

 

nature-forest-industry-rails.jpg

6- Como ser feliz em 2017 – no Destralha

 

d7a22d_1f6e7a8dcc26413e9e20d139233af335

7- Como as doenças são somatizadas no corpo físico – no blog do Sri Prem Baba

 

Bom final de semana pra vocês! 

 

 

Ano novo, novas coisas

2017 chegou, trazendo muitos desejos de mudança. A energia que um novo ciclo nos traz, nos impele a realizar as coisas que desejamos, a correr atrás dos nossos sonhos, a não medir esforços para atingir nossos objetivos.

Como eu já tinha falado, nesse ano eu quero é reduzir a velocidade da vida: aproveitar cada momento com mais plenitude, com mais consciência e mais presença.Quero estar num lugar e não deixar que as preocupações me aflijam, quero fazer uma coisa de cada vez, reduzir a quantidade de informação que venho acompanhando e valorizar aquilo que realmente importa.

Achei muito legal a ideia de criar uma Newsletter pra gente poder conversar de uma forma mais intimista, pra trocar experiências, aprendizados… Então, quem quiser embarcar nessa é só clicar na imagem abaixo e se inscrever:

newsletter

Bora aproveitar a energia do ano novo para renovar o fôlego, rever nossos planos, realizar as mudanças que são necessárias para que consigamos ter a vida que tanto desejamos. Que 2017 nos permita simplificar nossa rotina e valorizar as coisas que realmente importam.

Beijo!

Links interessantes da semana #52

Olá pessoal! Vamos a nossa ultima linkagem do ano?

Espiritualidade e mundo material.png

1- Como equilibrar a vida espiritual e material – no site do Sri Prem Baba

 

a93ceca4279aaaa388f561e6ad8e4b5f-672x372

2- Sobre perder o medo de perder o que não é nosso – no Contioutra

 

15442330_10203045989906988_7955260155635242010_n

3- Primeiro comece a se divertir sozinho – no Nowmastê

 

girl-landscape-female-woman-157954.jpeg

4- O que esperar de 2017? –  no Desassossegada

 

51be3007410f17604979822bf3ca0bbd.jpg

5- Você é o suficiente – n’O Caderno

 

happiness-girl-rainbow-umbrella-warmth-nature-sky-clouds_2560x1440

6- Busque a sua própria forma de felicidade – no Uma Jornada Interior

 

10-maneras-de-tomar-el-control-sobre-tu-destino-profesional

7- Controlar seu destino no ano novo – no Cultura da paz

 

Bom final de semana e um feliz 2017!