O cachorro preto

Esse vídeo é antigo, mas somente no final de semana consegui assisti-lo. Foi inevitável não me emocionar, pois me vi muito nele. Depois que eu tive minhas crises de pânico comecei a repensar a minha vida, e percebi que sim, eu também tive crises depressivas em determinados momentos da minha vida e sequer tinha me dado conta disso!

A depressão atinge cada vez mais pessoas. Ultimamente, infelizmente, tenho visto diversos casos de suicídio de jovens que se encontram em estado depressivo e nem fazem ideia de que toda a tristeza que sentem e todo o vazio que lhes assola é a depressão. E o pior é que, sem saber o que a depressão pode causar, não procuram ajuda tanto por desconhecimento quando por medo e vergonha do que os outros podem/vão falar.

Quantas vezes eu menosprezei e não conseguia entender como as pessoas poderiam ter depressão tendo uma vida aparentemente boa. Tendo dinheiro, tendo saúde, tenho bens materiais e podendo fazer tantas coisas… Hoje me sinto envergonhada por fazer julgamento de uma coisa que eu não conhecia e que, hoje tendo vivenciado, me fez compreender o quão dolorida é e o quanto a depressão tira a nossa alegria de viver e nos corrói por dentro todos os dias.

Achei esse vídeo sensacional porque explica toda a questão da depressão de uma forma bastante simples,o que é bastante útil para aqueles que estão sentindo a tristeza, o desânimo, a falta de coragem pra realizar até mesmo as mínimas tarefas, e especialmente, para os que tem procurado o sentido da vida. Me lembro uma vez, bem novinha, quando perdi uma pessoa da minha família, eu tive uma sensação muito, muito ruim. Mesmo sendo criança, lembro que senti um vazio enorme, pois pensei: “se vamos morrer, de que vale a pena viver?”. Agora, conhecendo melhor sobre a depressão e sabendo que tenho casos na família, sei que a depressão tem diversas causas, entre elas, a questão genética. E não, não me envergonho nem um pouco disso. Aprendi que preciso assumir a pessoa que sou com todos os defeitos e qualidades.  Busquei ajuda psicológica e isso tem me ajudado muito. E é uma tarefa que precisa ser realizada constantemente. Assim como nosso corpo físico precisa de alimento, nossas emoções precisam ser treinadas diariamente para que possamos aprender a lidar com as nossas dificuldades e tornar o nosso dia a dia e nossa vida mais prazerosos. A ajuda psicológica, os medicamentos… tudo isso é de extrema importância para que possamos melhorar diariamente. Eu sempre fui contra remédios no sentido de que as pessoas não devem usá-lo como fuga dos problemas. Uma situação existe e deve ser avaliada, deve ser resolvida.O remédio ajuda imensamente, mas não devemos ser reféns dele. Enquanto a situação se encontra difícil, sou sim a favor de medicarmos, pois em alguns momentos a situação fica insustentável. Quem tem crises de pânico e ansiedade sabe bem o que é isso. Nossa mente nos controla de tal maneira que mal conseguimos raciocinar. E a ajuda psicológica é fundamental para nos ajudar a entender as questões que tanto nos afligem na vida.

Sempre existirão questionamentos sobre o porquê de estarmos aqui, sobre tudo o que vivemos… E essas nossas dúvidas são fundamentais para o nosso amadurecimento e nosso autoconhecimento. Se a situação começar a fugir do controle, se o medo, a tristeza e o desânimo estiverem atrapalhando seu trabalho, seus relacionamentos, a sua vida em geral, não tenha vergonha de procurar ajuda. Reconhecer que se tem um problema é o primeiro passo para resolvê-lo.

Anúncios

Um comentário sobre “

  1. Rosana disse:

    Bruna,

    Esse video, coincidentemente está em um dos links que te enviei no outro post. Ele é interessante, só não gostei de terem escolhido justo o cachorro para ser o “vilão” da história…. Não dava para ser outro animal, menos simpático, ou pelo menos com o qual as pessoas não se identifiquem tanto, como uma serpente ou uma aranha, não é?

    Abraços,

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s