Coluna da Maiara: A vida dos outros

Estamos perdendo a capacidade de nos sensibilizar e cada vez menos nos permitimos ter compaixão, que significa sentir com o outro, partilhar com ele sua alegria ou dor. Mesmo regidos por códigos éticos e religiosos, durante o ano inteiro agimos desrespeitando-os.

A grama do vizinho nem sempre é a mais verde, mas o que fazemos para ajudá-lo a cuidar dos bichos destruidores no seu jardim? O quanto nos disponibilizamos para evitar o mau do nosso próximo?

 Comecei a pensar nisso depois de assistir um filme chamado “A vida dos Outros”, que se passa na Alemanha alguns anos antes da queda do muro de Berlim e conta a história do sistema de espionagem do país. Esse filme possibilita uma boa reflexão sobre o cuidado e a nossa humanidade (ou a falta dela).

Ah, essa interpretação fui eu quem fez, de acordo com uma perspectiva  sobre ética e  moral, possivelmente não haverão muitas nesse sentindo aqui na internet. Fica a sugestão para quem gosta de sair da zona de conforto, seja através de pensamentos ou atitudes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s