Coluna da Maiara: Saber Navegar

image

 

Há momentos em que o mar está tão devagar que não move nosso barco, já outros fazem todas as estruturas da nossa navegação tremer, nos empurra contra nossa vontade.

Depois de muitas águas: lentas e calmas, fortes e devastadoras, finalmente aprendi que o importante é navegar. Nem sempre podemos controlar a intensidade dos mares, as turbulências que nos acometem, mas podemos aprender a navegar, a observar a paisagem que atravessa os caminhos ao invés de nos preocuparmos com o rumo da embarcação.

Saber aproveitar a calmaria e entender que mesmo que navegando em ritmo lento, o barco não está parado nunca.

Não há o que se preocupar, nenhuma tempestade vai te derrubar e as águas calmas não vão te parar, portanto, só te resta navegar. Já diria Fernando Pessoa: “navegar é preciso”!.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s