Coluna da Maiara: Lidando com as frustrações

image

 

Desde que nascemos temosque aprender a lidar com as frustrações: sentir fome, dor, ficar sujo até que
alguém nos troque. Com o tempo as frustrações mudam e a forma que reagimos a
elas também. A frustração acontece quando temos uma expectativa a
respeito de algo ou alguém e ela não é atingida, quando um desejo muito grande
não se concretiza.

Enquanto estamos sob a proteção da nossa família a
tendência de experiências frustrantes é menor, visto que temos proteção,
carinho, afeto e aquelas pessoas querem o melhor pra gente, mesmo assim, a
frustração acontece. O mundo não é nossa família, logo, vai nos frustrar ainda
mais.

O que tenho percebido é que as pessoas sabem cada vez
menos lidar com as frustrações que a vida oferece diariamente. Vivemos numa
geração “umbigocêntrica” em que cada um só pensa em seu umbigo e não consegue
aceitar “não” como resposta.

Muitas
pessoas viveram a infância e adolescência dentro de uma redoma criada pelos
pais, que querem superproteger seus filhos e acabam influenciando no processo
natural do desenvolvimento que é frustração. Se a alguém não aprende quando
criança que nem sempre tudo ocorrerá como deseja, enquanto adulto fica muito
mais complicado aceitar esta realidade.

É normal
sentir raiva ou tristeza diante de uma situação frustrante, mas quando estes
sentimentos perduram podem ocasionar uma série de problemas emocionais, como
depressão e ansiedade. Por isso, o autoconhecimento é um exercício fundamental.

Você já
pensou na forma que encara as frustrações? Em que situações sente-se frustrado?
De que outras maneiras você poderia agir diante das frustrações?

Se você
percebe que quando não sai conforme o esperado sua reação é não é das melhores
e você passa a viver em função do não ocorrido, talvez seja a hora de procurar
ajuda. Afinal, por mais que tentemos, não conseguimos nos isentar das
frustrações em determinados momentos da vida, mas podemos aprender a encará-las
e viver bem, apesar de todas elas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s