Coluna da Maiara: Sobre ser feliz

 

Se perguntarmos o que as pessoas querem, a maioria, senão
todas dirá que quer ser feliz. É o que todos queremos, não é?!

Mas o que é ser feliz?

Felicidade é tão difícil de definir que na Psicologia é
chamada de bem-estar subjetivo. Não é concreta e não depende de apenas um fator
e sim de uma série deles. Não limitando ao conhecimento científico, mas
propondo uma reflexão, eu pergunto: você é feliz?

Se sim, por que acredita nisso?

Se não, o que falta para ser? Você já foi feliz um dia?

É muito fácil identificar quando estamos tristes, alguma
coisa acontece e nos deixa desapontado, chateado, frustrado e por aí vai. Mas e
a felicidade, como faz para sabe que se está feliz?

Muita gente acredita que a felicidade está relacionada a
determinados acontecimentos ou conquistar. Por exemplo: “quando eu tiver o
emprego ‘x’ e o salário ‘y’ serei feliz”. Eis que enfim você consegue o
trabalho com o salário desejado, você fica alegre nos primeiros dias, semanas,
talvez até por alguns meses. Mas passa. Isso significa que já não se é feliz?

Será que a felicidade está sempre ligada a um querer que se
transforma em ter? É a felicidade sempre um objeto externo a ser conquistado?

Há pessoas que passam a vida tentando ser feliz sem nunca
conseguir, sempre procurando nos mais diversos lugares por uma sensação
esplendorosa. Mas será que a felicidade está sempre acompanhada de fogos de
artifício?

Será que ser feliz significa estar todos os dias com um
grande sorriso estampado no rosto?

Penso que talvez a felicidade seja menos colorida e mais
simples do que se imagina. Pode ser que não envolva grandes aquisições ou
momentos grandiosos. Talvez felicidade seja poder conhecer a si mesmo, aprender
mais sobre como se é e tornar as coisas pesadas mais leves.

Felicidade pode ter mais a ver com a lente pela qual
enxergamos a nós e ao mundo do que com a sua coleção de sapatos. Ser feliz pode
ser compreender que a felicidade pode acontecer em um dia de chuva ou de sol,
no emprego ideal ou no real, numa paisagem deslumbrante ou no quintal de casa.

Será que a gente sabe enxergar quando a felicidade chega e
quando ela já mora na gente? Será que a gente sabe o que é ser feliz?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s