Tempos de crise

image

 

Todos estamos acompanhando a “crise” que se institui
no país. A economia parada, menos trabalho, lojas fechando. De tudo que
acontece sempre existe um lado negativo e um positivo. Nesse caso, será que
isso não pode se tornar uma chance pra gente repensar na nossa forma de
viver/consumir?

Consumimos MUITO. Desde agosto do ano passado que o
planeta se encontra no vermelho, ou seja, todos os recursos naturais que são
retirados dele não serão repostos. O homem retira da natureza e nem
ao menos espera que ela se recomponha, tudo isso pra produzir mais e
gerar mais lixo. Consigo ver muito isso na questão da construção: diversas áreas verdes são “destruídas” para que se construam condomínios cheios de cimento e asfalto, que colaboram para o aquecimento, e não existe nenhuma lei que obrigue que cada espaço desmatado seja reposto de alguma forma: mantendo uma área verde nesse espaço, replantando as espécies desse local em um outro…Enfim, qualquer coisa que colabore pra que o impacto seja reduzido.

Não sou velha, mas há, sei lá, uns 10 anos atrás as
coisas eram MUITO diferentes. A quantidade de produtos industrializados cresce
em larga escala, as pessoas geram uma quantidade absurda de lixo (a começar com
os bebês com suas fraldas descartáveis). As pessoas compram e descartam em uma
velocidade assustadora. O lixo que se encontra no planeta não tem pra onde ir.
Não existe “JOGAR FORA”, se o que descartamos continua no planeta.

Se pararmos um pouco pra pensar na nossa forma de
viver, veremos que ainda gastamos muito com coisas desnecessárias. Por que o
que é NECESSÁRIO mesmo é aquilo sem o qual a gente não VIVE: Oxigênio, Água,
Alimento, Roupa, Casa. Essas são as nossas necessidades básicas e essenciais
para que sobrevivamos, pra que nosso corpo não pereça. Todo o resto é
secundário. Assim, radical mesmo.

Essa crise tem que servir como uma oportunidade para
rever a nossa maneira de viver e consumir. Ou mudamos ou o planeta não dá
conta. Iniciativas de redução de lixo, de reuso, de trocas estão cada vez mais em
pauta pois são uma NECESSIDADE: é preciso refrear o consumo e o descarte. Hoje
em dia tudo precisa ser prático porque as pessoas vivem numa correria louca pra
ganhar dinheiro pra consumir mais. É um ciclo vicioso que além de gerar uma
péssima qualidade de vida, só corrobora pra nossa autodestruição em todos os
aspectos possíveis.

É preciso ver além do nosso umbigo, pensar como um
todo, refletir sobre novas maneiras de consumir, de gerar menos impacto no
planeta, de instituir o consumo colaborativo, da partilha. Isso é absurdamente
positivo e se conseguirmos retirar essa lição, colaboraremos para um futuro
positivo pra todos nós!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s