Afinal, o que é uma vida mais simples?

image

 

Viver com menos dá menos trabalho, isso é um fato. Quanto mais coisas temos, mais energia física e mental (em forma de preocupação) é dispensada. E não seria muito melhor poupar essa energia e redirecioná-la pra coisas que a gente ama fazer? Pra ler um livro, pra passear e até mesmo pra não fazer NADA?

O momento de  crise econômica em que nos encontramos é uma excelente oportunidade para passar um pente fino na nossa consumir e de viver. É o momento para focar nossa atenção naquilo que realmente importa. Quem nunca se pegou comprando sem consciência que atire a primeira pedra e eu sou uma dessas pessoas. Por mais que tenha realizado a minha experiência de um ano sem compras, pensar (e repensar) se eu realmente PRECISO de alguma coisa é um exercício diário. Se nesse meio tempo eu já comprei sem uma real necessidade? SIM. Mas não me apego tanto ao erro… Sempre é tempo de recomeçar, de mudar de ideia e de aprender.

Uma vida mais simples não é só uma vida no meio do mato, numa casinha de sapê (até porque não é todo mundo que deseja uma vida assim). Acredito que o ideal é compreender o significado tanto da simplicidade quanto do minimalismo e aplicar isso na nossa vida, de forma pessoal. É um modo de viver mais leve, com menos cobrança com nós mesmas, com menos itens pra administrar (e consequentemente mais tempo livre pra fazer o que a gente gosta), onde aprendemos a dizer não quando não queremos algumas coisas, onde nos libertamos de determinadas concepções, onde nos permitimos mudar e viver novas experiências.

Nesse meio tempo, encontrar o nosso propósito também é maravilhoso, mas se isso não acontecer não tem problema. Eu mesma não sei se encontrei o meu e por vezes me pego pensando o que eu realmente quero fazer da minha vida… Esse encontro consigo mesmo é uma caminhada longa e acontece no tempo certo. Sem pressa.

Uma vida mais simples é uma vida livre, leve, solta. É estar no presente, usando o passado como professor e não se preocupando demais com o futuro. A gente deixa pra lá essa mania de se apegar nas coisas que passaram, bem como de ficar pensando demais no futuro. Desapego é o segredo de uma vida mais simples. Não só o desapego material, mas especialmente o desapego emocional e mental.

Viver de forma simples é ser livre pra ser quem você quiser e enfrentar qualquer risco e responsabilidade na jornada do autoconhecimento. É focar no que realmente importa pra você (e é claro que isso é uma questão pessoal, que deve ser analisada com muito carinho nesse processo). Você escolhe do que deseja se desapegar e vai percebendo que a vida não se torna mais aquele martírio diário. Quando aprendemos a aproveitar o momento como um presente, tudo se torna leve e a gente, mais leve, é muito mais feliz!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s