Não é só deixar de comprar…

image

Já tem tempo que a questão do consumo num contexto amplo fica martelando na cabeça. Começou lá em 2013, quando decidi ficar um ano sem comprar e rever a minha maneira de lidar com dinheiro. Cada vez mais blogs, sites e livros vão transformando a minha maneira de pensar sobre esse assunto, novas pessoas com ideias fantásticas vão aparecendo no meu caminho, inspirando e mostrando novas possibilidades.

Tem umas semanas que venho pensando que não basta só deixar de comprar. A gente tem que aprender a comprar, a usar, a descartar e a pensar no impacto que aquilo levou pra ser produzido. A questionar. Assim a gente vai poder aproveitar esse determinado bem adquirido ao máximo, explorar todas as suas possibilidades de uso e tentar encontrar novas utilidades para as coisas ao invés de simplesmente descartá-las na primeira ocasião em que não tiverem serventia pra gente.

Podemos reduzir a quantidade de lixo produzido de inúmeras maneiras. Já perceberam a quantidade de embalagem plástica que utilizamos? Praticamente tudo vem embrulhado num saquinho. O que fazer? Usar sacolas retornáveis e recusar a sacolinha, tentar comprar coisas à granel nos empórios da vida (que saem muito mais baratas do que nos supermercados), reaproveitar o alimento que muitas vezes desperdiçamos em ótimo estado (comprando só o que vai consumir e evitando o estoque). A gente pensa que é difícil mas não é não!

Ah e nem sempre aquela marca que se diz sustentável realmente é. Tudo tem ganhado um selo verde e na verdade tem muita sujeira por detrás disso, infelizmente. Não basta só ser sustentável do ponto de vista ambiental, tem que ser sustentável pra todo mundo: da compra da matéria prima, passando pelos funcionários na produção, até chegar na loja e ser encaminhado pra gente  pra depois ser descartado. Há muita exploração, a gente sabe. A ideia de “comprar de quem fez”, de saber pra onde o dinheiro daquilo está indo é bem bacana também! No um ano sem lixo, a Cristal comenta nesse post que o produto mais verde é aquele que já existe. E que o fato de ele já existir não pode ser desculpa pra comprar só porque é de bazar/brechó e é barato.

Acredito que estamos passando por uma transição.. Estamos nos tornando mais consciente de muitas coisas, estamos mudando e é inevitável que essa mudança também reflita na nossa maneira de viver: a gente passa a ter mais cuidado com o nosso alimento (o objetivo do uso do agrotóxico foi o de melhorar a produção e reduzir a fome, mas não é bem isso que aconteceu. A quantidade de hormônios e remédios contida na carne animal e a exploração do meio ambiente para a sua produção… ), com o que a gente usa, com o que a gente veste e com o que a gente faz. Todas as nossas ações tem um preço e uma hora esse preço será cobrado da gente. Há quem diga que isso é “bitolação”, mas é muito mais fácil a gente seguir o fluxo do que nadar contra a maré, não é mesmo?

Enquanto estamos respirando é tempo de promover mudanças na nossa vida. Que possamos, então, criar uma vivência mais harmônica em todas as esferas da nossa vida e que reflitamos diariamente sobre o impacto das nossas ações no planeta

Anúncios

2 comentários sobre “Não é só deixar de comprar…

  1. aeriagirl disse:

    Adorei seu posicionamento, acredito no que você disse. As coisas já estão mudando, cada vez vejo mais pessoas preocupadas em consumir de maneira mais correta, aos poucos a gente muda a corrente da maré 🙂

    Curtir

    • Bruna disse:

      Exatamente, Isabel! Acredito que está havendo uma mudança de consciencia e isso é fantastico! Devagar e sempre vamos espalhando essa mudança! Beijos e obrigada pela sua visita!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s