O estado de presença

image

Muitos dos problemas que a gente acredita ter pra resolver sequer acontecem além da nossa mente. A gente pensa demais, imagina demais, gasta energia em excesso resolvendo essas questões na nossa cabeça.

“uma pessoa que olha para um pedaço de corda vê uma cobra, e a partir dessa visão, ela cria toda uma história em torno da cobra. Quando começa a ver a corda no lugar da cobra, o seu processo de despertar se iniciou.” (Vedanta)

Pare de ler esse texto agora. Para e pense: AGORA, NESTE EXATO MOMENTO, você tem algum problema? A resposta é: NÃO. Não temos. Quando estamos plenamente presentes no que quer que estejamos fazendo, não existe problema além disso. Não existe passado nem futuro. Só presente.

Sri Prem Baba partilhou essa reflexão ontem na sua fan page:

“O primeiro passo para ampliar a percepção e o seu poder de auto-observação é ocupar o seu corpo, é colocar-se presente, ocupando cada molécula. Estando aqui e agora não existe a possibilidade de você ser governado por impulsos inconscientes. Não estando presente, você se torna um joguete nas mãos das mais diversas forças, não somente do seu próprio passado, mas das suas fantasias a respeito do futuro.” 

Praticar a meditação na ação, ou seja, estar presente no momento presente, é uma maneira de não dar à nossa mente o poder de nos governar. Por exemplo: se estou comendo sinto o sabor do alimento, mastigo todas as vezes necessária, reflito sobre os processos que levaram aquele alimento a chegar até meu prato. E assim, torno-me consciente da ação que estou realizando. E isso é válido pra toda e qualquer ação.

Por vezes nós ficamos remoendo a resolução de um problema. Imaginamos mil e uma possibilidades, criamos diálogos, perguntamos e formulamos as repostas… Talvez isso aconteça, talvez não. E nesse meio tempo muita energia foi dispensada em “hipóteses”. Claro que é preciso avaliar alternativas, mas isso não pode nos consumir, afinal, dessa maneira deixaremos de estar presentes também nas nossas outras ações.

Claro que implementar a meditação na ação é um processo demorado, pois requer uma quebra num padrão de condicionamento de anos, porém, é absolutamente possível, um exercício diário que só tem a melhorar nossa qualidade de vida. Dessa maneira também reduziremos a quantidade de atividades diária, aprendendo a focar apenas no que é essencial e importante de verdade na nossa vida. Perdemos tempo com coisas desnecessárias e quando nos damos conta passaram-se dias, meses anos! Para isso, firmeza e leveza de espírito. Mente alerta e relaxada. Desapeguemos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s