Links interessantes da semana #3

image

1- 10 coisas para desapegar em 2016 – no Teoria Criativa

__________________________________________________________________________________________________

image

2- Uma conversa sobre armário cápsula – no Hoje vou Assim OFF

__________________________________________________________________________________________________

image

3- Escolhas – na Revista Bons fluídos

__________________________________________________________________________________________________

image

4- Encontrando alegria na simplicidade – no site da Casa Jaya

__________________________________________________________________________________________________

image

5- Slow beauty: uma forma consciente de consumir produtos de beleza – no Girls With Style

__________________________________________________________________________________________________

image

6- Hora de aceitar que o capitalismo não deu certo – no Medium

__________________________________________________________________________________________________

image

7- Você não tem que ser bonita – no Oficina de Estilo

Esse trecho do livro “Porque amamos cachorros, comemos porcos e vestimos vacas”, de Melanie Joy

“Há uma enorme mitologia em torno da carne, mas todos os mitos estão, de um modo ou de outro, relacionados ao que me referi como os Três Ns da Justificativa: comer carne é normal, natural e necessário. Os três Ns têm sido invocados para justificar todos os sistemas exploradores, da escravidão africana ao holocausto nazista. Quando uma ideologia está em seu início, esses mitos raramente são submetidos a exame. Contudo, quando o sistema finalmente desmorona, os três Ns são reconhecidos como absurdos. Pense, por exemplo, nas seguintes justificativas de ser negado às mulheres o direito de voto nos Estados Unidos: o voto apenas masculino fora “definido por nossos antepassados”; se as mulheres passassem a votar, isso “causaria dano irreparável… ao estado” e o “desastre e a ruína cairiam sobre a nação”. Os três Ns estão de tal forma entranhados em nossa consciência social que guiam nossas ações sem jamais termos de pensar sobre elas. Eles pensam por nós. Nós os interiorizamos tão plenamente que costumamos viver de acordo com seus princípios, como se eles fossem verdades universais, em vez de opiniões muito difundidas. É como dirigir um carro –  depois de aprender a fazê-lo, você não precisa mais pensar em cada ação. Mas essas justificativas fazem mais do que apenas conduzir nossas ações. Elas aliviam o desconforto moral que de outro modo poderíamos sentir quando comêssemos carne; se temos uma boa desculpa para nossos comportamentos, sentimo-nos menos culpados acerca deles. Os três Ns agem essencialmente como vendas mentais e emocionais, mascarando as discrepâncias em nossas crenças e comportamentos com relação aos animais e justificando-os, se por acaso os percebemos.”

Bom final de semana!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s