Mais coragem para realizar nossos sonhos!

GATO E PASTORES ALEMÃES

Coragem é uma palavra (e uma atitude) que não fazia muito parte da minha vida. Em inúmeros aspectos eu era uma pessoa bem ativa, mas em se tratando de segurança e estabilidade, sejam elas emocionais ou materiais eu travava. E acredito que o fato de ser uma pessoa bastante insegura só contribuía pra isso.

Pois bem, isso que vou partilhar com vocês pode parecer uma coisa simples e boba, mas vocês nem imaginam o quanto transformou a minha vida. Já comentei algumas vezes que gosto muito de fotografia e faço alguns freelas, né? E dentre os inúmeros artistas que eu admiro está o Juliano Coelho, que retrata mulheres de uma forma fantástica e que muito me encanta. Há alguns anos eu acompanho o trabalho dele pela internet e sonhava em fazer um dos workshops dele, mas as datas era complicadas pra mim (dia de semana por causa do trabalho e nunca coincidia com as minhas férias), eu não tinha o $ necessário ou qualquer outro empecilho que, depois fui compreender, eu mesma colocava.

Então, no começo do ano eu resolvi que faria o workshop e que depois daria um jeito a respeito das datas, já que o curso seria em 3 dias, “dias úteis, por assim dizer. Um outro ponto: o curso seria em São Paulo e eu nunca tinha ido em São Paulo a não ser pra ir em show ou fazer concurso público, então, não conhecia/conheço nada da cidade, mas tenho um primo que mora lá e me ajudou nesse trânsito da rodoviária até o local do curso. Pode parecer bobo isso, mas depois que eu tive as crises de pânico eu fiquei e fico um pouco receosa de sair sozinha, com medo de ter uma crise num lugar desconhecido, então, fazer essa viagem sozinha teve um significado muito importante pra mim nesse sentido.

Ter a coragem de decidir fazer algo que eu sempre quis fez com que esse curso tivesse um sabor ainda mais especial. Além de ser um assunto que eu amo, com um fotógrafo que admiro imensamente, eu tive a oportunidade de conhecer pessoas muito bacanas e de desaprender e aprender inúmeras das coisas que eu “acreditava” ou achava serem “certas”. O que mais me marcou foi essa frase que o Juliano disse: Escolha aprender TODOS os dias. E isso vale pra nossa vida num âmbito geral. A gente precisa reaprender a olhar as coisas com mais pureza, com olhos de uma criança que não tem medo de errar ou de ser ela mesma, independente do local em que está.

Foram três dias intensos, com uma energia muito especial e meu coração nunca esteve tão feliz como agora. É muito, muito bom quando algo que a gente desejou de coração, acontece. É uma alegria que nem tem tamanho. E esse curso teve um sabor especial, um misto de autorrealização e de superação. Desejo que cada pessoa que ler esse texto também tenha coragem pra fazer o que quer, independente do que isso seja. Nossos sonhos são nossos e só a gente pode mensurar o significado e o impacto dele nas nossas vidas. Permitam-se viver novas experiências, aprender, desaprender, começar tudo de novo! CORAGEM!

 

 

Anúncios

6 comentários sobre “Mais coragem para realizar nossos sonhos!

  1. Marcelo Rinaldi disse:

    Que maravilha! Nem sabia desse fato, dessa sua insegurança quando a ida e se deslocar lá e também em relação à ansiedade! Que sensacional que além de ter aproveitado tanto o curso ainda superou suas inseguranças! Parabéns!

    Curtir

  2. Rosana disse:

    Bruna,

    Que legal sua superação em relação a viagem! Parabéns!!!
    Fico feliz que tenha gostado do curso, por suas palavras dá para perceber que está muito feliz, foi uma grande realização.

    Dois trechos do seu texto eu gostaria de destacar:
    “desaprender e aprender inúmeras das coisas que eu “acreditava” ou achava serem “certas”.”
    Isso é muito importante. Ter maturidade suficiente para aprender a desaprender. Acho que isso é mais visível nas novas gerações, as mais velhas (os idosos de hoje) não pensam assim. Não generalizando, mas a maioria é assim, meio “cabeça-dura”.
    Acho que futuramente, quando essas gerações mais novas se tornarem idosas, teremos uma outra visão nesse sentido, com muito menos arrogância e prepotência. Acredito que serão pessoas mais dispostas a aprender sempre e frases como “já fiz tudo o que tinha que fazer” e “aprendi tudo o que tinha que aprender” serão cada vez mais incomuns. E até estranhas de se ouvir.

    “Escolha aprender TODOS os dias.”
    Bela frase!
    E excelente vindo de um professor. Isso demonstra a preocupação com o aprendizado permanente que falei acima.

    Abraços,

    Curtir

    • Bruna disse:

      Foi uma realização muito grande, Rosana! Muito legal mesmo! Tambem penso como você, nossa geração terá mais disposição e menos orgulho em reconhecer que precisa estar aprendendo diariamente,

      Beijos!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s