Estamos no piloto automático

9f03ab_8d74aa97b5034242918931815a4a2dc6

Na correria do nosso dia a dia parecemos fazer muitas coisas de forma robótica: acordamos, andamos, tomamos banho, comemos, lemos, trabalhamos, sem ao menos nos concentrar na atividade que está sendo executada. Quem nunca leu algumas páginas de um livro e quando se deu conta percebeu que não lembrava de nada do que tinha lido? Ou então se deslocando para algum lugar nem se deu conta de como chegou? Isso já aconteceu diversas vezes comigo.

O que acontece é que não estamos presentes. Estamos sempre fazendo uma coisa pensando em outra. Comemos pensando no banho, tomamos banho pensando na roupa que vamos vestir, nos vestimos pensando em como chegar no trabalho.  Algumas pessoas acham lindo dizer que não tem tempo pra nada, que a vida está sempre corrida, enquanto as coisas não deveriam ser assim. Deveríamos ter uma vida mais equilibrada, com tempo para trabalho, lazer, descanso. É triste pensar que não ter tempo virou uma coisa normal.

Nossa profissão tem se tornado a nossa vida. As pessoas tem dedicado tudo para o trabalho e o tempo que sobra, na maioria das vezes pouco, é dividido entre autocuidado, descanso e demais coisas que gostamos de fazer. Percebo muito isso quando as pessoas vão se apresentar em algum lugar e ao invés de falar quem são logo falam com o que trabalham. O trabalho é parte da gente, claro, mas somos muito mais do que apenas a nossa profissão.

As vezes quando escrevo pode parecer que eu sou contra o trabalho, mas não sou. Entendo que trabalhar é necessário, que precisamos de dinheiro para pagar nossas contas, comprar nossa comida, mas o que realmente não concordo é que as pessoas dediquem toda a sua vida apenas ao trabalho. O tempo passa (o tempo voa, na verdade) e quando nos damos conta não conseguimos ver aquele amigo que tanto gostávamos, não vimos nossos familiares, os filhos cresceram e nossos sonhos foram deixados de lado.

Precisamos retomar as rédeas da nossa vida, deixar de lado o papel de meros coadjuvantes e passar a ser um atores principais das nossas existências. Questionar regras impostas, questionar valores disseminados há anos por uma cultura que nos trata como meros objetos de um sistema que só visa dinheiro. Nossas vidas valem muito mais do que isso! E a responsabilidade dessa retomada de poder é única e exclusivamente nossa. Precisamos nos voltar pra dentro de nós mesmos, procurar nos conhecer melhor, lidar com nossas dores e alegrias, aceitar e compreender melhor nossas emoções… só assim conseguiremos realizar as mudanças que tanto falamos e desejamos.

A partir do momento que nos conhecermos de verdade, seremos capazes de ser mais questionadores, de não aceitar o que nos é imposto, de trilhar nosso próprio caminho, de buscar aquilo que nos traz satisfação e realização. Só viveremos com plenitude quando pararmos de culpar os outros pelo que nos acontece e quando reassumirmos o controle da nossa existência. Nadar contra a maré não é fácil, mas a partir do momento em que nos conectamos com a nossa verdadeira essência, vemos que o universo nos guia e coloca tudo de que precisamos à nossa disposição.

Anúncios

2 comentários sobre “Estamos no piloto automático

  1. Rosana disse:

    Bruna,

    Me identifiquei muito com o seu post.

    “Precisamos retomar as rédeas da nossa vida, deixar de lado o papel de meros coadjuvantes e passar a ser um atores principais das nossas existências.”
    Você disse tudo. Preciso urgentemente fazer isso.

    O livro “O poder do agora” é muito bom nesse sentido, mas parece que as demandas do dia a dia acabam nos sufocando nesse sentido. Por isso, retomar as rédeas como você disse, é fundamental.

    Abraços,

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s