5 passos para mudar de vida

Muitas pessoas estão insatisfeitas com a vida que levam, mas não conseguem enxergar uma luz no final do túnel que as permita mudar de vida. Há pessoas cansadas do trabalho que fazem ou do relacionamento que levam mas que não sabem por onde começar para, finalmente, viver a vida que tanto desejam. Fiz uma lista com alguns itens que me ajudaram a mudar aquilo que me fazia insatisfeita. São pequenos passos que ajudam a analisar a nossa situação e a buscar maneiras de promover as mudanças que desejamos.

two_way_arrow.jpg

1- Saiba o que você quer. Tem aquela famosa frase da história da Alice que diz que “se você não sabe para onde ir, qualquer caminho serve”. O primeiro questionamento é: o que eu quero? A partir dele você vai conseguir desenvolver o restante do seu projeto de mudança de vida. No meu caso, queria ter mais tempo pra fazer as coisas que eu gostava, queria encontrar um trabalho que me realizasse pessoal e profissionalmente, queria viver uma vida mais simples e com menos coisas que me distraíssem. Você precisa se voltar pra dentro, se descobrir, se conhecer melhor pra saber o que você quer de verdade, e pra ver se isso não é fruto do que a sociedade nos impõe. A meditação é uma excelente ferramenta para o autoconhecimento. Silenciando a mente, você passará a ouvir o chamado do seu coração e é lá que se encontram as respostas para os nossos anseios.

21cea4d8bd5df1965f49b3598bf682f9.jpg

2- Levante o máximo de informações sobre o assunto. Quanto mais você souber sobre o que você deseja, melhor. Eu lia sobre pessoas que haviam mudado de vida, trocado uma carreira por outra, sobre minimalismo e desapego, sobre vida simples e sobre autoconhecimento. E nesse meio tempo eu também tentava entender mais sobre mim, sobre minhas emoções, sobre as coisas que mexiam comigo. Unindo o autoconhecimento com as experiências de outras pessoas, tive as informações necessárias que me permitiram identificar o que eu precisava fazer para mudar a minha vida.

6-dicas-praticas-para-fazer-o-planejamento-financeiro-do-seu-buffet.jpg

3- Se planeje financeiramente. Grandes mudanças requerem um certo planejamento financeiro. No meu caso, comecei com o minimalismo, que me fez focar no que era essencial pra vida que eu queria levar. Pra vida simples que eu levo hoje, basicamente não tenho sapatos de salto (que eram muitos naquela época), acessórios e excesso de roupas. Pra ser honesta, ainda tenho peças pra me desfazer!  O que eu fiz então? Doei ou vendi esse excedente. Também fiquei atenta às compras que eu parcelava no cartão de crédito e, após quitá-las, optei por deixar o cartão de crédito só para compras realmente necessárias e passei a pagar minhas compras à vista. O mais interessante é que com isso passei a pensar muuuuuitas vezes antes de comprar algo já que grande maioria das minhas compras era feita por impulso e não eram coisas das quais eu realmente precisava. Anotar todos os nossos gastos também é uma ótima alternativa, pois faz com que enxerguemos melhor pra onde nosso dinheiro acaba indo – essa foi uma dica que um professor de economia deu na época da faculdade e que acho bastante útil, pois se começarmos a fazer isso, veremos que as vezes gastamos com pequenos “prêmios” pra nós mesmos, que acabam nos afastando do nosso objetivo maior.

635862381329321528-1015717263_SetAndReachGoals.jpg

4- Estabeleça pequenas metas. Nunca fui uma pessoa muito organizada nesse aspecto, mas depois que li o livro Quanto menos, melhor do Leo Babauta, minha concepção de organização mudou. Sempre achei que isso era “burocracia” demais, mas na verdade isso só nos ajuda a visualizar melhor o que precisa ser feito. Estabelecer pequenas metas (semanais, mensais, semestrais) e criar uma espécie de cronograma para realizá-las, vai fazer com que, a cada dia, possamos estar mais próximos de atingir nossos objetivos.

passos-610x250.jpg

5- Dê um passo de cada vez. As vezes quando nos empolgamos demais com algo, tendemos a nos atropelar seja com excesso de informação ou com excesso de ação. Portanto, depois de estabelecer as suas metas, realize uma por vez. Esteja consciente e presente no que estiver fazendo e faça-o até o final. Cada etapa – e sua concretização – é essencial nesse planejamento. Se adiantamos uma parte, a outra fica comprometida. Esse é um belo exercício de paciência, afinal, queremos muito poder desfrutar daquilo que sempre sonhamos em ter ou viver, não é mesmo? Mas é preciso ter calma! Seguindo cada um dos passos, seu objetivo se atingirá mais rápido do que você imagina! Decidir mudar é o primeiro passo e eu o considero metade do caminho. O restante é manter o foco no objetivo e, diariamente, fazer o que for necessário para realizá-lo.

Anúncios

7 comentários sobre “5 passos para mudar de vida

  1. Fábio disse:

    Bruna, amos os seus posts! Sempre estou aqui lendo. São incríveis e uma referência para quem quer viver uma vida simples! Quqeor te dizer que suas aplavras ajudam muitas pessoas. Um abraço e gratidão!

    Curtido por 1 pessoa

    • Bruna disse:

      Oi Fábio! Obrigada pela sua visita! Fico feliz em saber que esses textos, que são relatos das minhas experiencias, possam ser úteis. Enche meu coração de alegria. A gente aprende mais quando divide! Beijão e seja sempre bem vindo!

      Curtir

  2. Thalyta Souza disse:

    Oi Bruna, tudo bem? Estou acompanhando seu blog e quero te agradecer por seus compartilhamentos. É muito bom saber que outras pessoas também estão despertando e questionando a forma de viver da sociedade atual e criando outras alternativas para si, mais condizentes com os valores que se tem e com aqueles que adquirimos através do autoconhecimento. Esse processo é doloroso, não é fácil…mas saber como outras pessoas superaram o que eu também estou passando hoje, ilumina o caminho e ajuda a dissipar os medos. Gratidão!

    Curtir

    • Bruna disse:

      Oi Talyta! Obrigada pela visita! Fico feliz em saber que gosta desse espaço. Enquanto estamos no “olho do furacão” não conseguimos visualizar nada nem vislumbrar mudanças ou “finais felizes”. Não que hoje sejam tudo flores, mas a partir do momento que compreendemos e aceitamos, o fardo se torna mais leve! Beijão e seja sempre bem vinda!

      Curtir

  3. Rosana disse:

    Bruna,

    Muito bom seu post. Gostei dos passos adotados por você, são bem coerentes e eficientes, se usados com dedicação e comprometimento como você fez.
    Parabéns pelo sucesso em sua jornada rumo ao autoconhecimento!

    Abraços,

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s