Autoconhecimento para viver de forma mais consciente

feliz.png

Penso muito, todos os dias, sobre como viver uma vida mais plena, com sentido, que me traga realização, que esteja realmente alinhada com os ideais que acredito. A conclusão que cheguei é que apenas através do autoconhecimento, de um mergulho dentro de nós mesmos, seremos capazes de viver dessa maneira.

Por mais que gostemos de muitas coisas, que acompanhemos várias pessoas, que leiamos sobre assuntos que nos interessam, não podemos nos comparar com os outros pois vivemos histórias absolutamente diferentes. Cada vez menos eu gosto da ideia de me COMPARAR com outras pessoas. Como comparar duas coisas que são diferentes? Pra mim não faz muito sentido. Eu gosto mais da palavra INSPIRAR. Tem tanta gente incrível, fazendo taaaanta coisa bacana por aí, que isso me motiva também a me conhecer cada vez mais e a fazer tudo aquilo que desejo.

Parar um pouco, voltar pra dentro de nós mesmos, analisar nossas emoções, sentimentos, as experiências que vivemos, as pessoas que conhecemos, nossa forma de reagir às situações, nossos medos, as coisas que nos encantam, qualidades e defeitos… Tudo isso vai nos ajudar a ser mais conscientes de quem somos. Mas já adianto: não é tão simples quanto parece. Rever a nossa história às vezes é duro, traz emoções e lembranças doloridas, requer que nos analisemos de maneira profunda, que revejamos as coisas que nos sustentaram pelo caminho e, na grande maioria dos casos, traz também mudanças, ou pelo menos o desejo de mudar.

Geralmente a gente tem muito mais paciência e carinho com os outros do que com nós mesmas. Somos sempre duras, nos repreendemos, boicotamos. Sempre temos a solução para os problemas alheios, já os nossos…

Por isso eu repito: se conhecer vai mudar a sua vida. Como que a gente pode passar anos da nossa vida sem nos ouvir, buscando distrações em atividades, no trabalho, nas outras pessoas, em bens materiais? Lembro que as vezes eu até tinha uns questionamentos sobre minha existência mas sempre achava que era “viagem”, que eu deveria é seguir o script que a sociedade manda e beleza. Só que não. E chegou um momento em que esse “enfrentamento” não pôde mais ser adiado. Eu precisei parar e olhar pra mim, pra minha história, rever meus atos, meu erros e acertos e finalmente assumir as rédeas da minha vida.

E tá sendo interessante.

Tenho descoberto muitas coisas novas sobre mim mesma, conhecido pessoas legais que me ajudam nessa jornada… Aceitei os erros que cometi e a culpa que sentia por isso. Já que não posso voltar no tempo o que me resta é aprender a lição que esse erro me proporcionou. Aprendi a me ouvir mais, a seguir mais a intuição e felizmente tenho seguido por um caminho que tem me feito muito bem, em que me sinto realmente alinhada com as coisas que acredito, cada vez mais próxima de encontrar meu propósito. Me sinto cada vez mais eu mesma, sem me preocupar tanto com o que os outros querem, me permitindo ser eu mesma, com os ônus e bônus. E tem sido algo realmente fascinante.

Anúncios

8 comentários sobre “Autoconhecimento para viver de forma mais consciente

  1. Simplicidade e Harmonia disse:

    Bruna,

    Gostei muito do que disse sobre INSPIRAÇÃO no lugar de COMPARAÇÃO. E fiquei pensando: como não pensei nisso antes?
    É o tipo de conhecimento que fará muita diferença em minha vida!

    Parabéns pelo seu desenvolvimento em relação ao autoconhecimento. Um passo de cada vez, de forma sábia e consciente. Isso é o que faz toda a diferença, por isso, suas mudanças são consistentes e coerentes.

    Abraços,

    Curtir

    • Bruna disse:

      Oi Rosana! Fico feliz em saber que gostou! Eu passei muito tempo pensando assim tambem, me comparando com outras pessoas… mas se somos diferentes, como comparar? Não faz muito sentido! Dessa forma a gente fica muito mais leve! Obrigada pelos votos! Devagar vamos aprendendo. Obrigada pelo carinho de sempre! Beijão!

      Curtir

  2. meuaquieagora disse:

    Que texto bonito!
    Que experiência bonita!
    Me identifico bastante com o que disse. É maravilhoso estar em conexão com quem se é, verdadeiramente.
    Acompanho sua página há muito tempo e sempre volto para olhar as coisas boas que compartilha. Me fazem bem. Obrigada! 🙂
    Em relação à comparação, lembrei-me de uma frase que li certa vez, e diz o seguinte: “Quando você se compara, você perde”. Dizem que é do Osho, mas independente de quem citou, me fez analisar toda a minha história de comparações. De fato, não há benefícios nem ganhos. Só perdas e insatisfações.
    Forte abraço!

    Curtir

    • Bruna disse:

      Oi, Cecília! Obrigada pela visita! Fico muito feliz em saber que gosta do blog! ❤

      Essa frase faz todo o sentido do mundo! Concordo plenamente! Enquanto temos consciencia de nossas deficiencias, podemos mudar. Quanto aos outros, essa mudança do outro nunca é possível, né?

      Beijão e seja sempre bem vinda!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s