Por aqui

28125148_1269853256492849_486931054_o.jpg

Foto em uma das minha caminhadas por aí

Oi! Peço desculpas pelo sumiço, mas é que parece que 2018 começou com força, muitos planos e um desejo de tentar viver mais coisas off-line que me faz as vezes deixar a escrita pra lá. Mas não quero. Esse espaço é muito especial e importante nessa jornada de simplificar e de me conhecer melhor, então, reitero o pedido de paciência com a falta de frequência nas postagens (inclusive se alguém quiser falar comigo é só enviar um e-mail, que vejo sempre! 😉 )

Esse ano acabei nem começando a linkagem da semana. Desde que saí do trabalho (lá em 2016) a leitura no computador reduziu drasticamente. Ano passado li bem menos do que gostaria, então a meta pra esse ano é de desconectar mais e consequentemente ler mais (porque a pilha de livros pra ler só cresce! Rs… Já consegui ler 3 livros, então pretendo manter o ritmo). Também tenho me dedicado bem mais ao Instagram – às vezes é meio louco pensar na quantidade de pessoas que me acompanha por lá. Além disso no stories eu posto muito das coisas que faço aqui: os passeios com os cães, as pedaladas, caminhadas, comida, reflexões, livros, dicas… Enfim, lá eu consigo postar de forma mais rápida.

Por muito, muito tempo eu sentia que precisava encontrar um caminho e sinto que o veganismo (e o que tenho feito lá no instagram, a disseminação da mensagem de uma vida simples e consciente) traz aquele “quentinho pro coração”, uma sensação de pertencimento, de que estou no caminho certo, fazendo o que preciso fazer, alinhada com o que acredito. É muito legal receber mensagens de pessoas com as quais eu jamais teria contato se não fosse pela internet, saber que o que partilho as ajuda de alguma forma nessa jornada seja de conhecer a si mesmas, seja de se alimentar melhor, de refletir sobre os impactos que a gente causa no planeta e na vida de milhares de animais. Hoje eu me sinto no meu lugar, com muitas ideias e planos e, principalmente, muita determinação para torna-los realidade.

Outra coisa que é bem “louca” é pensar que há alguns anos atrás eu sonhava em estar vivendo exatamente o que estou: uma vida mais livre, mais conectada com as coisas que acredito, passando altos perrengues mas sentindo que cada dificuldade vale a pena por me permitir viver aquilo em que acredito. Foram(e tem sido) mudanças graduais de hábitos, desapegos, reflexões, dificuldades MUITAS, alegrias imensas também… Um processo intenso que tem me trazido cada vez mais plenitude. Mas não pensem que tudo são flores pois não são. Porém, aprendi que as maiores lições e transformações são aquelas que vivemos nos momentos mais difíceis. Entendi que quanto mais eu brigar com essa situação difícil, quanto menos eu aceitá-la, mais demorarei pra compreender a lição que ela veio me ensinar.

cuidado com o que vocÊ deseja.isso pode se tornar realidade..jpg

Ah, uma coisa que eu acho legal partilhar com vocês: em 2016, através da minha terapeuta, conheci a “Constelação Familiar“, uma ferramenta incrível de autoconhecimento. Quis fazer uma sessão mas nunca dava certo. Minha mãe já “constelou” algumas vezes (inclusive teve uma experiência muito forte na primeira constelação relacionada com a minha avó) mas eu nunca havia conseguido. Não era a hora, eu acredito. Aí que no final de janeiro, pude participar de uma sessão que durou o dia todo. Foi uma experiência muito legal e que trouxe muita luz pra algumas questões da minha vida e que tem me feito refletir sobre muitas coisas, rever questões, desapegar de outras… Acho que até agora estou assimilando tudo. Se tiverem oportunidade, façam. (Vocês podem ver alguns vídeos de como ela funciona no youtube).

Bom, acho que é isso. Vou me organizar melhor pra poder voltar a escrever aqui da maneira que gosto. Enquanto isso vocês podem me acompanhar lá no instagram! 😉

Beijos!

 

 

 

Anúncios

4 comentários sobre “Por aqui

  1. Simplicidade e Harmonia disse:

    Bruna,

    Que bom ver seu novo post!
    Sua foto ficou maravilhosa, sem dúvida, você é uma pessoa de muita sorte por morar em um lugar tão belo, com tantas belezas naturais à disposição.

    Muito boa sua intenção de desconectar-se. Todo excesso é prejudicial e em relação à tecnologia, acredito que nós, como população em geral, já ultrapassamos o saudável, muitos chegando até à compulsão por tecnologia.

    Parabéns por ter se tornado vegana, relativamente em tão pouco tempo. Percebo que é bem firme em suas decisões e objetivos, algo admirável! 🙂

    Bom domingo,

    Curtir

    • Bruna disse:

      Oi Rosana! Ah eu adorei essa foto tambem. É uma benção poder morar aqui! Sim, venho tentando fazer mais coisas no “mundo real” no momento, acho que ando muito prática.
      Obrigada! Me tornar vegana foi ma transformação imensa na minha vida. Beijos

      Curtido por 1 pessoa

  2. Caroline Abreu disse:

    Oi, Bruna! Que bacana o seu instagram, eu não conhecia ainda! Eu ainda consumo alimentos de origem animal, inclusive carne, mas admiro muito quem se dedica a adotar um estilo de vida diferente! Vou começar a seguir você para aprender um pouco mais sobre este assunto, quem sabe assim eu me animo a colocar em prática em breve! 😉

    Curtir

    • Bruna disse:

      Oi Caroline! Isso, quem sabe você possa ver que é mais fácil do que a gente imagina. O veganismo se estende a outras questões, claro, mas como comemos no mínimo 3x no dia e essa é uma das maiores dificuldades que as pessoas encontram, gosto mto de partilhar sobre refeições! 😉

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s